O governador Ricardo Coutinho (PSB) marcou para a próxima sexta-feira, 06 de abril, o anúncio se ele deixa o governo para se candidatar a um gargo eletivo nas eleições deste ano. Ricardo, que é cotado para o Senado, deu a declaração na noite de ontem (28) na cidade de Boa Vista, durante inauguração de obras.

“Na sexta-feira, essa da Paixão, não, a outra, vou me pronunciar acerca do meu destino, se eu posso chamar assim”, disse, referindo-se ao dia seguinte à desencompatibilização do secretário de Estado João Azevedo, pré-candidato ao cargo de governador. A saída de João da pasta será comemorada durante encontro do PSB no Clube Cabo Branco, na quinta-feira (05).

“Minha maior convicção tem sido ao londo desse tempo uma coisa que é fundamental: que através da política você pode melhorar as pessoas”, disse Ricardo, ao ser questionado sobre sua possível saída do governo para concorrer ao pleito este ano. “Meu compromisso é com a Paraíba. Independentemente da minha decisão, nenhum cargo para mim é mais importante que garantir as condições de avanço desse estado”.

Ricardo disse que é grato pela oportunidade de governar a Paraíba e afirmou que todos os indicadores do estado estão muito melhores do que antes, apesar do governo federal ter negado empréstimos ao Estado e da oposição “jogar contra” o Estado. “Jogaram contra Campina Grande e contra o Cariri quando nós suspendemos o racioamento da água, jogaram contra quando mexeram lá em Brasília para que as portas dos financiamentos fossem fechadas, quando tiraram o dinheiro do Viaduto do Geisel”, lembrou Ricardo.

Ele disse que é muito difícil para a oposição construir um discurso porque o governo é muito operoso.

Com Informações e Imagem: Cariri Ligado

 

img advertisement
img advertisement
img advertisement