Em entrevista recente a imprensa pessoense o governador Ricardo Coutinho (PSB), discorreu sobre como deve funcionar a boa política, que traz resultados para a população. Para ele, está havendo no país uma criminalização da política.

“Precisa ter a capacidade de surpreender as pessoas. Quando ela [política] perde isso, fica antiga, aí precisa sair. Acho absurdo o que estão querendo fazer com a política nesse país, tentando criminalizar. Ora, a política é o grande instrumento da democracia”, disse Ricardo.

Ontem, seguindo essa tese o deputado estadual Anísio Maia (PT) repercutiu pesquisas sobre o ex-presidente Lula que, mesmo sendo de “veículos de direita”, dão larga vantagem ao petista. “No Datafolha, Lula é citado, espontaneamente, por 39% das pessoas [para presidente]. 58% acham que ele tem o direito de ser candidato. No Estadão, 73% dizem que ele é perseguido, é um preso político. Vamos lutar até o fim por Lula presidente”.

Com Informações e Imagem: PBAGORA 

img advertisement
img advertisement
img advertisement